Letra De Mirra, Ouro, Incenso (Letra)

Mirra, Ouro, Incenso
Martinho da Vila / Hermínio Bello de Carvalho
Eu lhe dei as porções de alfazema
Que havia guardado pra Deus
E a mirra, o ouro, o incenso
Eu também entreguei pra você
Por aí eu fui me despojando
Dos meus bens e de todos legados
Não valeram meus tantos cuidados
Se perdi o melhor que sonhei
Construí um presépio de areia
E dourei seus caminhos de luz
Povoei o seu chão com as estrelas
Que Orestes um dia pintou
Mas percebo agora de longe
Que você nelas jamais pisou